Salário-educação para estados, municípios e DF deve aumentar 11,9% em 2015

O valor do repasse do salário-educação a secretarias estaduais, municipais e distrital em 2015 pode chegar a R$ 12,25 bilhões. Segundo estimativa publicada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), nesta segunda-feira (9), no Diário Oficial da União, a transferência de recursos deve aumentar 11,9% em relação ao ano passado.

Deste montante, as redes estaduais e distrital devem receber R$ 5,7 bilhões e as municipais, R$ 6,5 bilhões. Destinado ao financiamento de programas voltados à educação básica pública, o salário-educação é uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. A alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento.

Cabe ao FNDE repartir o montante arrecadado. Dois terços são destinados aos estados e municípios para o financiamento de programas, projetos e ações voltados para a educação básica. A proporção repassada a cada um é de acordo com o número de alunos matriculados na rede estadual ou municipal. O governo federal fica com um terço dos recursos.

A verba é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação. Já a quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica, com o intuito de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Confira a Portaria do FNDE nº 39/2015.

Fonte: Portal Federativo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s